Tempo bom para colheita da soja no Cerrado

Segundo meteorologista da Climatempo, chuvas devem dar uma trégua até 5 de março na região e produtor deve aproveitar para colher

27/02/2018 18:39:27

Atualizado:

01/03/2018 18:56:06

 

As chuvas constantes neste verão têm atrapalhado a colheita da soja, principalmente na região Centro-Oeste do Brasil. Mas a previsão é de que as pancadas deem uma trégua nos próximos dias e os produtores devem aproveitar para avançar com os trabalhos. Segundo o meteorologista da Climatempo, Alexandre Nascimento, até o dia 5 de março deve chover muito pouco na região, com apenas algumas pequenas precipitações em Tocantins, Goiás e Mato Grosso. As projeções foram feitas durante webinar sobre clima e agricultura no Portal Syngenta, em 26 de fevereiro.

Desde o ano passado, os agricultores do Cerrado, especialmente do Mato Grosso, têm sofrido com a questão do clima. Primeiro em outubro, com a demora das chuvas, que vieram apenas em novembro e atrasaram o plantio da soja. Agora, como tem chovido muito, a colheita também está complicada.

Segundo Nascimento, embora as perspectivas para os próximos dias sejam boas, a partir do dia 6 de março, a chuva deve voltar, e continuará até o fim do mês, o que é bom para o produtor de milho safrinha. “Quem conseguir semear até 5 de março vai receber água regularmente”, explica Nascimento. Esta chuva deve persistir pelo menos até a primeira quinzena de abril e depois começará a espaçar, com algumas garoadas em maio.

Para o meteorologista, as boas condições climáticas devem fazer com que a safra 2017/2018 seja muito semelhante à do ano passado, com ótimos resultados. “Pode ser que a produção não bata recorde, mas certamente será uma safra cheia”, afirma. 

Assista ao vídeo no webinar na íntegra aqui.

Leia também:

+ Clima favorece safrinha, mas prazo para plantio está no fim

+ Sem previsão de chuvas nos próximos dias, safra argentina está em risco

VEJA MAIS

VÍDEOS

Há diversos temas essenciais à produtividade agrícola, entre eles o controle de pragas, doenças e daninhas, a eficiência de produtos e o tratamento de sementes industrial. A Syngenta preparou uma série de vídeos sobre variados assuntos e também ouviu pessoas que trabalham no campo e especialistas. Veja ao lado um conjunto desses vídeos. Boa navegação!