MT registra focos de ferrugem asiática em soja guaxa

Situação é alarmante e aponta que há condições ambientais favoráveis ao desenvolvimento da doença

25/09/2017 18:30:41

Atualizado:

29/09/2017 17:48:56

Syngenta

Em andança pelo estado de Mato Grosso, o consultor agronômico Wanderlei Dias Guerra identificou uma cena recorrente nos 12 anos em que ele acompanha lavouras durante o vazio sanitário: soja guaxa com focos de ferrugem asiática às vésperas do plantio da safra de verão. As plantas nascidas de grãos que caíram no campo no momento da colheita são preocupantes porque são nelas que o fungo se estabelece e se reproduz, comprometendo a fitossanidade da lavoura seguinte.

Veja também:

+ 7 boas práticas agrícolas para controlar a ferrugem asiática

+ Webinar: “Boas práticas são essenciais no controle de daninhas”, diz pesquisador. Assista

+ Plantas daninhas causam grandes perdas na produção de grãos

Segundo o consultor, todas as cidades visitadas por ele apresentaram alguma quantidade de soja guaxa contaminada por ferrugem. O nível de infestação varia no estado, sendo em Nova Mutum um dos cenários mais preocupantes. Os focos apontam que o fungo tem encontrado as condições ideais de clima e umidade para reiniciar seu ciclo. Amostras foram coletadas para análise de resistência das plantas às carboxamidas.

Em entrevista ao site Notícias Agrícolas, Guerra sugere que um mutirão para retirar a soja guaxa seria uma boa opção de controle, especialmente porque a falta de chuvas tem atrasado o plantio de soja em Mato Grosso. A eliminação das plantas voluntárias e de daninhas para deixar a Lavoura Limpa são o primeiro passo para adiar o aparecimento da ferrugem asiática. Veja as melhores tecnologias integradas da Syngenta para combater o problema.

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!