Paraná deve recuar área de milho e aumentar a de soja, diz Deral

01/09/2017 17:23:31

Atualizado:

11/09/2017 10:32:45

Os produtores paranaenses de grãos vão plantar mais soja e menos milho na safra 2017/2018. É o que aponta o primeiro levantamento do Departamento de Economia Rural (Deral) do Paraná para a nova safra, divulgado na última quinta-feira (31/8). A área total é praticamente a mesma, com previsão de abranger 6,001 milhões de hectares, contra 6,004 milhões de hectares plantados na safra anterior.

Veja também: 
+ Milhocultor Edson Faquineti, do Paraná, teve excelente produtividade com Integrare Milho 

+ Agrônomo Donizetti Fornarolli, do Paraná, elogia estratégia da Syngenta para daninhas

+ Com Integrare Milho, Jairo Jonas Jagnow, do Paraná, produziu 398 sacas/alq

A oleaginosa deve ocupar quase a totalidade da área, com 5,435 milhões de hectares, alta de 3% em comparação ao ciclo anterior,  acréscimo de 165,52 mil hectares. O milho recuou 169,10 mil hectares, queda de 33%, e agora será semeado em 344,52 mil hectares no Paraná.

Apesar do incremento na área, o Deral prevê que a soja deve ter queda na produtividade, com colheita estimada em 19,463 milhões de toneladas, 2% menos que a safra anterior e desempenho médio de 3.581 kg/ha. Já para o milho, a produção prevista é de 3,115 milhões de toneladas, recuo de 37%. 

Quer ter mais produtividade na lavoura? Invista em tecnologia! Conheça o portfólio da Syngenta para soja e milho, e escolha as melhores sementes e defensivos agrícolas para a sua região. 

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!