Safra 2017 de café deve chegar a 44,77 milhões de sacas, diz Conab

Relatório da companhia prevê queda de 12,8% na produção causada por bienalidade negativa, clima e pragas

25/09/2017 17:57:53

Atualizado:

25/09/2017 18:00:35

Syngenta

Clima e pragas, somados à bienalidade do café, foram apontados como os responsáveis pela queda na produtividade na safra 2017 do grão, estimada em 44,77 milhões de sacas, sendo 34,7 milhões de sacas de arábica e o  10,71 milhões de sacas de conilon. O total esperado é 12,8% menor que o ano anterior. Os dados foram divulgados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) no terceiro relatório da cultura.

Veja também:
+ Voliam Targo: preciso no controle das três pragas do café

+ Efeito residual promove controle de bicho-mineiro na cultura de café

“As questões climáticas foram muito localizadas. No norte de Minas, ocorreram adversidades provocadas pelo clima. Já em outras regiões, houve chuvas atípicas durante a colheita”, disse o superintendente de informações da Conab, Aroldo de Oliveira Neto.

Estimativas por estado
Minas Gerais, o maior produtor de café do Brasil, deve ter safra 20% menor que 2016, com 24,04 milhões de saca de arábica e 334,1 mil sacas de conilon. As causas apontadas foram clima e presença de pragas como broca e bicho-mineiro, e também a bienalidade do café.

O Espirito Santo, que produz a maior parte do café conilon brasileiro, deve ter queda de 1,5% na produção do grão, colhendo 5,9 milhões de sacas de conilon e 2,9 milhões do arábica. Segundo a Conab, as condições climáticas desfavoráveis atravessadas pelas lavouras de conilon em 2016 durante períodos importantes do desenvolvimento da planta e a falta de mudas para plantio causaram as perdas nos campos capixabas.

Já em São Paulo, os culpados pela baixa na produtividade foram o alto índice de podas e a bienalidade negativa. A estimativa é que 4,37 milhões de sacas sejam colhidas no estado.

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!