Cana: produtor multiplica viveiro com mudas pré-brotadas

Agricultor de Jaborandi (SP) conseguiu formar mudas para plantar 15 hectares com a tecnologia Plene PB

07/12/2017 18:44:17

Atualizado:

07/12/2017 19:09:59

O produtor Ruan Pinto Neto, de Jaborandi, no interior de São Paulo, está certo de que vale a pena investir em tecnologia para formar mudas de qualidade e melhorar o canavial. Ele decidiu adquirir o Plene PB, as mudas pré-brotadas de cana-de-açúcar da Syngenta, para fazer um teste em sua fazenda. 

Neto se diz especialmente satisfeito com a alta taxa de multiplicação do viveiro. No processo de renovação do canavial, as mudas são plantadas e o agricultor espera de oito a dez meses para que atinjam a idade de corte. Em seguida, as mudas são produzidas e com elas é possível formar outra área.

“Plantamos o Plene PB numa área de 1,5 hectares. Colhemos a cana, cortamos e obtivemos mudas suficientes para plantar 15 hectares. Com cana normal, acabamos conseguindo cerca de oito. Em anos de clima mais favorável, chegamos a 12 hectares”, diz.

Neto menciona ainda a sanidade das mudas como outro diferencial. “Com Plene PB, já produzimos mudas de alta qualidade, puras, sem pragas”, diz. “Evitamos também a importação de pragas que ocorre quando adquirimos de viveiros convencionais em outras localidades. O caminhão traz os pedaços de cana já infestados”, afirma.

Para ele, vale a pena investir na tecnologia, independentemente do tamanho do produtor. “Muda sadia é o alicerce do canavial. É como uma casa. Sem uma fundação adequada, ela não se sustenta”, diz.

Leia mais:

+ Broca-da-cana: produtor deve estar atento à infestação até maio

+ Fungicida tem ação ampliada para doenças secundárias da cana
 

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!