Clima seco dificulta semeio do trigo e milho safrinha

Impacto no trigo abrange cultivo no Paraná. Estiagem também pode trazer problemas na fase de pendoamento do safrinha, no sul e sudeste

26/04/2018 10:36:34

Atualizado:

29/04/2018 06:53:24

 

O semeio de trigo já começou em algumas regiões do Paraná acompanhadas pelo Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada). E o clima seco no estado tem deixado produtores cautelosos quanto a um possível atraso no avanço das atividades, segundo informações do centro de pesquisas. No Rio Grande do Sul, o semeio começa em maio, mas agentes consultados pelo Cepea ainda estão indecisos quanto à área destinada ao cereal.

De acordo com o Cepea, apesar das incertezas climáticas, as valorizações ocorrem devido ao incentivo de semeio do trigo das cooperativas.

Os preços seguem em alta no mercado brasileiro e chegaram a atingir os maiores patamares do ano em Ponta Grossa e no norte, oeste e sudoeste do Paraná. No Rio Grande do Sul, os maiores preços foram verificados em Ijuí, Passo Fundo e Santa Rosa.

Segunda safra do milho

Segundo previsões do Climatempo, a segunda safra do milho também pode ser impactada pelo tempo mais seco nos próximos dez dias. Não há previsão para chuva nas lavouras de milho safrinha no Paraná, São Paulo e em Minas Gerais.

O motivo do impacto é que há muitas lavouras entrando em fase de pendoamento, que é extremamente crítica ao déficit hídrico. Mesmo com as temperaturas mínimas mais baixas e com a formação de orvalho, isso não será suficiente para manter a condição favorável ao desenvolvimento das lavouras.

A estimativa, segundo o Climatempo, é de que ocorram redução do potencial produtivo nessas regiões e na produção nacional de milho segunda safra.

Leia também:

+Atraso na semeadura deve reduzir área plantada com milho safrinha

+Novas variedades de milho são opções para safrinha

+Trigo: área plantada deve chegar a 200 mil ha nas regiões Sudeste e Centro-Oeste

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!