Colheita de trigo inicia com atraso no Paraná

21/09/2018 10:41:08

Atualizado:

21/09/2018 10:42:30

 

Na última terça-feira (14/08), o Departamento de Economia Rural (Deral), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado, divulgou seu boletim semanal da safra 17/18.

De acordo com o informativo desta semana, após duas semanas de atraso teve início a colheita de trigo no Paraná. Até a segunda-feira (03/09), 2% da área total semeada com trigo já havia sido colhida. Em contrapartida, no mesmo período do ano passado a colheita já  atingia uma área equivalente a 16% do total.

As lavouras paranaenses sofreram com as adversidade climáticas, a estiagem nos meses de abril e maio adiou o início da janela de semeadura. Além disso, na última semana uma geada assolou as áreas semeadas com o cereal.

Com isso, o índice de lavouras em condições ruins é de 22% e em condições medianas 36%. Conforme o Deral, menos da metade das áreas (42%) está em situação avaliada como boa. A colheita espelha os diversos problemas enfrentados durante o ciclo da cultura.

Tais condições preocupam produtores e também o mercado em geral, pois o estado é atualmente o maior produtor nacional de trigo. Nos últimos meses o Deral reduziu sua estimativa inicial de produção em 3 milhões de toneladas.

Milho

A colheita de milho safrinha está quase concluída, chegando a 94% da área total.  A cultura também sente os efeitos do clima. Das áreas que ainda esperam para serem colhidas 39%  estão em condição ruim, 50% em condições medianas e 11% em boas condições.

Para conferir os boletins na íntegra, acesse o site da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado.

Redação: Bruna Eduarda Meinen Feil, Assessora de Comunicação Equipe Mais Soja.

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!