Dia de Produtividade traz jornadas de atualização e conhecimento

Evento apresenta ao produtor, diretamente no campo, novidades e tendências sobre culturas da soja e do milho

26/02/2018 15:40:47

Atualizado:

27/02/2018 15:32:18

 

Aumentar as médias de produtividade das lavouras é hoje um dos maiores desafios do produtor de milho e soja em diversas partes do país. “Muitos agricultores experimentam uma situação de estagnação da produtividade e se perguntam o que fazer para superar isso”, afirma Renato Pirola, líder de Marketing da Syngenta em Goiás. “A receita é buscar informação, capacitar-se, conhecer as novidades de pesquisa e de mercado para aprimorar o manejo e obter melhores resultados”, diz.

Entender os desafios da região, trocar experiências com outros produtores locais, ter contato com pesquisadores e técnicos da área e ficar por dentro das novidades desenvolvidas para o setor, além de definir estratégias próprias para cada localidade são alguns dos caminhos para alcançar melhor produtividade. “O acesso a tudo isso, no entanto, pode ser uma dificuldade para o agricultor, que nem sempre tem a oportunidade de participar de eventos e feiras ou de viajar para assistir a seminários”, diz Pirola.

Foi pensando nisso que a Syngenta criou o Dia de Produtividade, um evento aberto ao produtor e uma oportunidade para ele ficar por dentro de tudo que diz respeito às culturas da soja e do milho. “Usamos a propriedade de um agricultor referência numa determinada região, criamos uma estrutura para atender às necessidades dele e de seus vizinhos e convidamos os produtores a experimentar conosco uma jornada de atualização e conhecimento”, diz Nilson Nicoli, gerente de Marketing de Clientes da Syngenta no Cerrado.

Ao aceitar o convite, o produtor rural tem acesso a consultorias locais que vão ajudá-lo a encontrar as melhores estratégias para superar os desafios específicos de sua lavoura, conversar com agricultores que enfrentam os mesmos problemas e assistir a palestras de especialistas e pesquisadores que compartilham os resultados de suas experiências no campo.

Em Ibirubá (RS), por exemplo, o professor Lucas Navarini, doutor em Fitopatologia do Instituto Federal do Rio Grande do Sul, mostrou como o manejo com tecnologias como Elatus, Cypress e Score Flexi, da Syngenta, pode ampliar o espectro de controle de todas as doenças da soja e aumentar o controle de ferrugem, manchas e antracnose. Com o protocolo, em anos bons de chuva, as lavouras de soja podem alcançar médias acima de 80 sacas por hectare, enquanto a média brasileira é de 52,3 sacas por hectare.

Desde o início do ano, cidades como Tapurah (MT), Nova Mutum (MT), Querência (MT), Água Boa (MT) e Mineiros (GO) já sediaram seu Dia de Produtividade. As próximas cidades a receber o Dia da Produtividade são Açailândia (MA), em 28 de abril, e Bom Jesus (PI), em 3 de maio.

Leia mais:

+Produtores do Paraná conhecem de perto tecnologias para a lavoura

+18ª Expoagro Afubra tem público previsto de 90 mil pessoas 

+Dia de Campo reúne produtores em Cruz Alta (RS)

VEJA MAIS

VÍDEOS

Há diversos temas essenciais à produtividade agrícola, entre eles o controle de pragas, doenças e daninhas, a eficiência de produtos e o tratamento de sementes industrial. A Syngenta preparou uma série de vídeos sobre variados assuntos e também ouviu pessoas que trabalham no campo e especialistas. Veja ao lado um conjunto desses vídeos. Boa navegação!