Ferrugem do café pode provocar perdas de até 70% na produção

Doença causa desfolha da planta e secamento dos ramos produtivos da árvore

27/11/2017 15:27:32

Atualizado:

27/11/2017 19:31:53

Introduzida no Brasil na década de 70, a ferrugem do café (Hemileia vastatrix) é uma doença que leva a perdas expressivas de produtividade e pode devastar plantações inteiras. Também conhecida como ferrugem alaranjada do cafeeiro, o fungo provoca a desfolha da planta e o consequente secamento dos ramos produtivos da árvore.

Normalmente, a infestação só é percebida em estágio mais avançado, quando há presença de manchas amareladas nas folhas. A propagação acontece em condições climáticas amenas, com temperaturas de 18° C a 23° C, e umidade relativa acima de 70%. O vento é um importante agente de dispersão da doença.

Embora a infestação possa ocorrer durante o ano todo, os primeiros sinais começam a aparecer em fevereiro. Se não for controlada, a infestação pode evoluir até meados de junho, segundo o especialista em cafeicultura da Syngenta, Luis Fernandes.

A maior perda na produção é obervada da safra subsequente. De acordo com Fernandes, o café é uma cultura bianual, que tem variações de alta e baixa produção. “Existe relação direta entre o ataque da ferrugem e a carga pendente da lavoura. Quando a planta está em anos de alta produção, gasta mais energia para nutrir seus frutos e fica mais vulnerável ao ataque do fungo", diz Fernandes. Por conta da desfolha da árvore provocada pelo fungo, a planta tem de gastar toda sua energia para reestruturar a parte vegetativa.

Prevenção

De acordo com Fernandes, a prevenção é a melhor forma de controlar o problema. O programa Café Forte Xtra, da Syngenta, oferece aos produtores um tratamento composto por uma aplicação via solo do produto Verdadero WG de outubro a novembro e duas pulverizações sequenciais com o produto Priori Xtra, em dezembro e fevereiro.

O tratamento também controla algumas pragas que atacam os cafezais, como cercosporiose, bicho-mineiro e cigarra-do-cafeeiro. Além disso, também promove o incremento no sistema radicular da planta e pode gerar ganhos de até cinco sacas por hectare.

Leia também:

+ ceCafé aponta queda nas exportações de café em 2017

+ Produtores colhem mais café com qualidade após uso de tecnologias

+ Cigarra-do-cafeeiro: praga barulhenta causa estragos na lavoura

+ Florada do café: cuidados que o agricultor deve tomar

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!