Manejo de doenças fúngicas da soja deve ser preventivo, diz pesquisador. Assista

O fitopatologista Carlos Alberto Forcelini participou de webinar no Portal Syngenta

24/10/2017 21:08:12

Atualizado:

25/10/2017 18:34:20

As doenças fúngicas da soja causam imensos prejuízos à cultura e podem resultar em perdas de mais de 30 sacas por hectare, como no caso da ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi). Além do poder devastador dessas mazelas, o produtor ainda deve estar atento à diminuição da sensibilidade do fungo às moléculas que compõem os fungicidas disponíveis no mercado. "Acabamos selecionando os indivíduos mais resistentes na população de um fungo ao fazer o manejo errado", disse o pesquisador em fitopatologia da Universidade de Passo Fundo, Carlos Alberto Forcelini.

Forcelini participou de webinar nesta terça-feira (24), no Portal Syngenta. O gerente de fungicidas da Syngenta, Rafael Oliveira, moderou as perguntas enviadas ao vivo pelos mais de dois mil participantes em todo o Brasil.

Entre as más práticas, o pesquisador lista a repetição de fungicidas do mesmo grupo químico, o não cumprimento do vazio sanitário e a busca de soluções mais curativas do que preventivas. Segundo o pesquisador, em muitos casos o produtor deixa o controle da ferrugem apenas para o final do ciclo de plantio, momento em que a infestação já está alta, com danos estabelecidos, quando o manejo mais difícil. "Os produtores acabam reservando o melhor fungicida para segunda metade do ataque. Esses devem ser usados na primeira metade, no momento de prevenção, que é o mais importante", afirnou o especialista.

A ferrugem, por exemplo, tem evolução muito rápida e identificação difícil, pois um terço das plantas infectadas podem não apresentar sintomas. "É arriscado esperar pelo problema para começar as aplicações", disse Forcelini. A maioria dos produtos já mostra queda na eficácia por cauda do aumento da resistência dos fungos às substâncias usadas, no entanto, o uso continua a ser fundamental no manejo, principalmente no momento correto. “Pelo menos uma aplicação de carboxamida é importante no programa de manejo”, disse Forcelini.

Assista ao vídeo completo do webinar:

Veja também:

+ Prof. Carlos Forcelini aborda o manejo da ferrugem asiática

+ Prof. Carlos Forcelini explica a resistência a fungicidas

+ Intervalos curtos de aplicação melhoram eficácia de fungicidas

+ Conheça o programa Manejo Consciente da Syngenta

+ Mapa de Monitoramento: receba gratuitamente alertas de daninhas, pragas e doenças, como a ferrugem, na sua região

 

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!