Mapa lança Plano Nacional da Cadeia Produtiva do Feijão

Cultura será a segunda cadeia produtiva a experimentar um processo de organização, a exemplo das frutas.

08/12/2017 17:03:43

Atualizado:

11/12/2017 11:56:07

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), em parceria com o Conselho Brasileiro do Feijão e Pulses (CBFP), com o Instituto Brasileiro do Feijão e Pulses (IBRAFE) e mais onze entidades setoriais da cadeia produtiva do feijão lançam em fevereiro de 2018 o Plano Nacional da Cadeia Produtiva do Feijão, que abrangerá também pulses, que são a lentilha, o grão de bico e a ervilha. 

Na implementação, serão identificados as principais entraves do setor, a partir de um amplo diagnóstico que analisa a produção sob a perspectiva sociocultural e serve como um roteiro para projetos que visam organizar a cadeia produtiva.

Este mercado representa cerca de R$ 16 bilhões na economia e exponencial potencial para a exportação. O Brasil é hoje o maior fornecedor de feijão contando com três safras em quase todos os estados da federação, totalizando 3,3 milhões de toneladas/ano, em média.

O secretário executivo do Conselho Brasileiro do Feijão e Pulses, Egon Schaden Júnior, identifica três principais desafios a serem enfrentados para o sucesso do Plano Nacional da Cadeia Produtiva do Feijão.

“Primeiro, os registros de novos defensivos a partir do uso de produtos específicos e registrados para esta cultura. Segundo, a equalização do ICMS entre os Estados para garantir a competitividade, já que a guerra fiscal ainda afeta o feijão e outros produtos da cesta básica. E terceiro: a necessidade de alterações nas legislações sobre classificação (existem feijões tipo 1,2,3), pois os padrões ainda não são claros e uniformes”, explica o secretário.

Segundo Schaden, é fundamental  também “por em prática ações para frear a queda do consumo per capita do feijão pelos brasileiros, além do desenvolvimento de novas variedades, com investimento em sementes de qualidade e certificadas.”

Leia também: 

Produção de trigo cai pela metade no Rio Grande do Sul em 2017

Não há previsões de La Niña nesta safra, diz especialista

Mosca-branca no feijão preocupa produtores de soja no MT

Webinar: pesquisador Marcelo Canteri tira dúvidas sobre bioestimulantes

 

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!