Mesmo com chuvas, perdas na safra argentina são irreversíveis

Segundo meteorologista da Climatempo, produtor não tem mais como contornar prejuízos causados pela longa estiagem no país

27/03/2018 17:42:19

Atualizado:

01/04/2018 19:49:12

 

Embora haja previsão de chuvas na Argentina nos próximos dias, o agricultor não tem mais como reverter os prejuízos causados pela longa estiagem às safras de soja e milho. É o que afirma o meteorologista Alexandre Nascimento, da Climatempo. “A diferença, mesmo se chover, será insignificante. As perdas reais, que são irreversíveis, já mexeram com o mercado e não há mais tempo para mudar este cenário”, diz Nascimento, que também levou em conta a opinião de especialistas do mercado e em agronomia para fazer esta análise.

Segundo o meteorologista, a expectativa que chova de forma moderada na Argentina a partir da próxima semana, principalmente nas regiões Norte e Nordeste do país, locais afastados da principal área produtora, no entorno de Buenos Aires.

Os campos de soja atingidos pela seca têm 75% de probabilidade de registrarem margens negativas no país, com perdas de 120 dólares por hectare, de acordo com o Instituto de Economia do Instituto Nacional de Tecnologia Agropecuária (INTA). Nos lotes de milho que sofreram com as mesmas condições, as chances são ainda maiores, de 95%.

Pior seca em 44 anos

Segundo a Consultoria de Climatologia Aplicada (CCA), a estiagem na Argentina já é a pior em 44 anos. O país é o terceiro que mais produz soja do mundo – Brasil é o segundo e Estados Unidos são os primeiros. A Bolsa de Cereais de Buenos Aires reduziu a previsão de produção de soja no ciclo 2017/18 de 42 milhões de toneladas para 39,5 milhões de toneladas. O novo número representa queda de 31% ante a temporada anterior.

A confirmação de perdas no país vizinho é uma boa notícia para o agricultor brasileiro. Em 2017, como todos os principais produtores mundiais tiveram safras cheias, os preços da commodity foram para baixo. Já neste ano, a soja poderá ser negociada por um valor maior pelo agricultor local.

Leia mais:

+Webinar: integra da entrevista sobre clima com Alexandre Nascimento, da Climatempo

+Sem previsão de chuvas nos próximos dias, safra argentina está em risco

+Produção de soja argentina pode cair a 43 mi de toneladas

 

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!