Produção de café conilon deve crescer 17,5% no ES

Segundo levantamento do Incaper, produção capixaba está estimada em 5.915 mil sacas

17/01/2018 14:09:16

Atualizado:

18/01/2018 08:58:33

 

A produção capixaba de café conilon em 2017 deve ser de 5.915 mil sacas. A estimativa representa acréscimo de 17,5% em relação a 2016. Os dados foram divulgados pelo Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).

A área cultivada vem diminuindo no Estado ao longo dos anos. Ainda assim, o Espírito Santo é responsável por 62,4% da área total cultivada no país, com 266,47 hectares cultivados de conilon. Por conta da seca, muitos produtores fizeram podas drásticas nos cafezais e erradicaram as lavouras. Com isso, a área de café conilon em produção no estado diminuiu em mais de 10%. O bom desempenho apesar da seca deve-se, entre outros fatores, às ações de pesquisa, assistência técnica e uso de tecnologias no campo.

Em 2015 e 2016, houve queda significativa na produção de conilon do Espírito Santo. A seca e a má distribuição das chuvas, principalmente na época de florescimento, formação e enchimento dos grãos, afetou a florada, a fertilização das flores, a quantidade e o desenvolvimento dos frutos.

Café arábica

De acordo com levantamento da Incaper, com relação ao café arábica, a estimativa de safra 2017 prevê uma queda de 25% na produção em relação a 2016. O Estado deve colher 2.950 mil sacas. Em 2016, o Estado registrou recorde na produção de arábica: foram colhidas 3.932,1 mil sacas. O efeito da seca em grande parte das regiões produtoras influenciou significativamente neste resultado.

Leia mais:

+Cafeicultor do ES investe no manejo e colhe três vezes mais que a média

+Os dez mandamentos do bom cafeicultor

+Café: manejo químico garante 100% de proteção contra bicho-mineiro

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!