4 motivos para escolher o tratamento de sementes industrial ao invés do tratamento na fazenda

Entre as vantagens está a proteção com mais garantia, qualidade e eficiência contra pragas e doenças, com maior qualidade e eficiência na fase mais crítica do cultivo

13/07/2018 10:06:07

 

O agricultor que busca a máxima produtividade tem a opção do uso de sementes tratadas como aliada contra pragas e doenças logo na largada. Nesse momento é preciso fazer uma escolha que faz toda a diferença: a de fazer o tratamento da semente na fazenda (On farm) ou optar pelo industrial (TSI).

Pode parecer uma decisão simples, mas um comparativo mostra que o tratamento de sementes industrial traz muito mais vantagens, como proteger com mais garantia o investimento e também a planta na fase mais crítica do cultivo.  

Veja quatro motivos porque o tratamento industrial é a opção mais eficiente e rentável no comparativo com a semente tratada na fazenda:

1 - Máxima proteção

A aplicação de agentes químicos ou biológicos oferece mais proteção para a planta nos seus estágios iniciais.  E isso exige todo um cuidado especial. Muitas vezes, o tratamento feito na fazenda danifica a semente e a sua fisiologia.

Com o TSI é diferente. O tratamento com alta tecnologia evita danos fisiológicos na semente, já que a qualidade é testada por uma equipe especializada em análises. Localizado em Holambra (SP), o Instituto Seedcare da Syngenta é um exemplo de onde essa prática é feita com eficiência.

Lá são desenvolvidos estudos de compatibilidade e testes químicos em sementes tratadas, bem diferente e muito mais amplo do que na fazenda. O Seedcare é parte essencial da estratégia PAS da companhia, que tem o objetivo de oferecer ao agricultor uma experiência única em proteção, por meio de Produtos, Aplicação e Serviços.

2 - Melhores instalações e maquinário

No tratamento feito na fazenda, além da indústria que desenvolve o maquinário não existe nenhum responsável por atestar as especificações nas instalações. “Já no Seedcare todos os projetos são avaliados e homologados por engenheiros e técnicos especializados da Syngenta, o que garante mais segurança ao produtor”, diz o gerente do Instituto, José Veiga.

O Seedcare possui um Laboratório de Qualidade Assegurada. Através de análises químicas (cromatografia líquida de alta precisão – HPLC), a unidade faz a determinação da dose dos produtos presentes em amostras de sementes tratadas por empresas, com o objetivo de avaliar a conformidade com as receitas desenvolvidas.

No TSI ainda são usadas máquinas com tecnologia de ponta que garantem uma excelente distribuição e recobrimento do produto em todas as sementes, de maneira muito uniforme, sem precisar usar altos volumes de calda nem expor as sementes à agitação excessiva, o que prejudica o seu vigor e germinação. Com a dose correta, cada semente carrega a quantidade de ingredientes ativos que vai proporcionar a máxima proteção.

+Seedcare Institute: laboratório garante qualidade da semente

+Agro tem prejuízo de R$ 2,5 bi ao ano com pirataria de sementes no Brasil

+Momento é de escolha da semente adequada de milho e soja

 

3 - Equipe especializada e multidisciplinar

Entre os profissionais que trabalham no Instituto Seedcare estão engenheiros agrônomos, biólogos, engenheiros químicos que atuam no setor de análises e especialistas em maquinário e tecnologia da aplicação. “Essa equipe multidisciplinar faz a avaliação da qualidade fisiológica das sementes, a fim de garantir a sua melhor germinação e vigor após o plantio. Isso assegura que os esforços de desenvolvimento de soluções cheguem efetivamente ao campo”, explica Veiga.

A Syngenta também realiza parcerias com fabricantes de aditivos, máquinas e equipamentos, sempre com o objetivo de aprimorar ainda mais as técnicas de aplicação.

4 - Qualidade garantida da semente

A semente tratada na fazenda muitas vezes foi salva, sem os melhores padrões de qualidade. Já o tratamento industrial é direcionado para os melhores lotes, inclusive com níveis mais altos de germinação e vigor. O processo minimiza possíveis erros na aplicação, garantindo produtos de maior qualidade e eficiência. 

Os testes químicos permitem avaliar se a dosagem do produto foi aplicada de forma correta, garantindo eficiência de controle sem afetar a qualidade fisiológica das sementes. Além de criar os melhores ativos, que impedem a ação de pragas abaixo e acima do solo, a Syngenta também desenvolve uma aplicação que garante a perfeita distribuição e fixação do produto em toda a semente, sem agredi-la ou colocar em risco a produção.

Comodidade e rentabilidade no final

Ao optar pelo tratamento de sementes industrial, o agricultor tem, com toda a comodidade citada e comprovada, a possibilidade de evitar prejuízos, inclusive com a redução do uso de defensivos após o plantio, o que protege a rentabilidade.

A Syngenta disponibiliza entre outras opções em seu portfólio o Fortenza Duo, com efeito residual prolongado contra pragas abaixo e acima do solo, como as lagartas de difícil controle, e também de menos chances de um estande com falhas e de áreas com perda foliar. É o mais poderoso tratamento de sementes disponível ao agricultor, sem gastos extras e com máxima produtividade.

+Assista o primeiro episódio da Websérie e saiba porque o Fortenza Duo é o mais poderoso tratamento de sementes

 

 

VEJA MAIS

VÍDEOS

Há diversos temas essenciais à produtividade agrícola, entre eles o controle de pragas, doenças e daninhas, a eficiência de produtos e o tratamento de sementes industrial. A Syngenta preparou uma série de vídeos sobre variados assuntos e também ouviu pessoas que trabalham no campo e especialistas. Veja ao lado um conjunto desses vídeos. Boa navegação!