Soja: chuvas causam alerta de ferrugem no Paraná

Primeiros focos da doença foram registrados no Oeste e Sudoeste do estado

20/12/2017 18:12:21

Atualizado:

21/12/2017 18:31:04

 

A previsão é de chuvas intensas de até 150 mm para as próximas semanas no estado do Paraná. De acordo com gestor da área de produção sustentável de grãos da Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater/PR), Nelson Harger, em entrevista ao portal Notícias Agrícolas, as chuvas estão retomando de forma gradativa, porém ainda de forma irregular.

Os produtores de soja devem ficar atentos. As condições são favoráveis para o surgimento da ferrugem, já que os cultivos estão em fase reprodutiva e podem ficar comprometidos devido ao clima úmido, o que pode atrapalhar a aplicação nas lavouras para o controle da doença. Segundo o especialista da Emater, a ferrugem está presente na região Oeste e Sudoeste e com alguns focos na parte Noroeste do estado.

Os produtores devem estar alertas e intensificar o monitoramento nas primeiras áreas semeadas. O trabalho de controle da ferrugem da soja deve ser preventivo e realizado nos primeiros sintomas, antes da doença se alastrar, principalmente em condições climáticas favoráveis.

Leia mais:

+Soja: MT deve produzir 30,4 mi/ton em 2018, diz IBGE 

+Antracnose: dicas para prevenir a doença e evitar perdas na soja

+Com clima favorável, plantio de soja da safra 2017/2018 é concluído em MS

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!