Soja: MT deve produzir 30,4 mi/ton em 2018, diz IBGE

Estado deve responder por 28,2% do total a ser produzido pelo país, segundo o instituto

20/12/2017 17:19:26

 

Maior produtor nacional de soja, Mato Grosso deve colher 30,4 milhões de toneladas do grão em 2018, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A estimativa representa queda de 0,2% na produção em relação a 2017, apesar de aumento de 1% na área a ser plantada. O estado deve responder por 28,2% do total a ser produzido pelo país, de acordo com o levantamento.

No Brasil, a estimativa de produção de soja para 2018 é de 107,7 e milhões de toneladas, queda de 6,3% em relação a 2017. A área a ser plantada é de 34,4 milhões de hectares, aumento de 1,4%. O rendimento médio esperado é de 3,131 kg/ha, queda de 7,7%. De acordo com o IBGE, a retração se deve às incertezas quanto ao clima durante o ciclo da cultura.

No entanto, o instituto observa que na safra verão 2017 houve regularidade e grande volume de chuvas nos principais estados produtores, com recorde histórico de produção para o país – o que representa, portanto, uma base alta de comparação.

Devido aos preços mais compensadores em relação ao milho, os produtores devem ampliar as áreas de cultivo da soja, que em 2018 deve representar 48,9% da safra total de grãos do país.

Os dados do IBGE fazem parte do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA), que acompanha mensalmente a previsão de produção das safras.  O levantamento foi feito em parceira com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) no último dia 12 de dezembro.

Leia também:

+ Como proteger a lavoura de soja da ferrugem asiática

+ Antracnose: dicas para prevenir a doença e evitar perdas na soja

+ Com clima favorável, plantio de soja é concluído no MS

LEIA MAIS

NOTÍCIAS

Vários temas são fundamentais para a manutenção da produtividade agrícola. Entre eles, o manejo de pragas, doenças e daninhas e a eficiência de produtos. O Portal Syngenta prepara, constantemente, conteúdos jornalísticos realizados a partir de fontes de informação como engenheiros agrônomos e produtores rurais. Veja ao lado uma seleção dessas reportagens. Boa navegação!