Sucessão familiar: as quatro bases necessárias

Planejamento é ferramenta de gestão importante no processo

11/01/2018 09:49:54

Atualizado:

11/01/2018 09:51:56

 

No agronegócio, onde as empresas são essencialmente familiares, planejar o processo de sucessão é fundamental. Esse planejamento é uma ferramenta de gestão importante e seguir alguns aspectos facilita sua execução.

Trabalhar o sentido de empresa, formalizando regras e o papel de todos; considerar a importância da proteção patrimonial; pensar no sentido de unidade do negócio e usar as ferramentas de governança, que incluem equidade, transparência e responsabilidade. Essas são as quatro bases necessárias para um bom processo sucessório, de acordo com o consultor da Safras e Cifras, assessoria especializada em governança para empresas rurais, Gustavo de Lima Lemos.

Ele fala sobre o tema no vídeo que encerra a websérie de oito episódios criada para ajudar o produtor a estabelecer melhor a sua estratégia de negócio. Aproveite e acompanhe também os outros temas, nos links abaixo. 

+Clima: saiba mais sobre esse fator determinante para o sucesso no campo 

+Tratamento de sementes: a base para o ganho de produtividade

+Plantas daninhas: cuidados devem ser tomados antes do cultivo

+Doenças fúngicas: dicas para o manejo adequado 

+Pragas: controle exige cuidados que vão além do uso de inseticidas

+Bioestimulantes trazem ganhos de produtividade comprovados

+Economia: saiba o que é relevante para a tomada de decisões

VEJA MAIS

VÍDEOS

Há diversos temas essenciais à produtividade agrícola, entre eles o controle de pragas, doenças e daninhas, a eficiência de produtos e o tratamento de sementes industrial. A Syngenta preparou uma série de vídeos sobre variados assuntos e também ouviu pessoas que trabalham no campo e especialistas. Veja ao lado um conjunto desses vídeos. Boa navegação!