Skip to main content

Bicudo-da-cana: uma ameaça à produtividade do seu canavial

Com alto potencial de danos, essa praga pode causar prejuízos de até R$ 2 bilhões para as lavouras de cana se não for controlada de maneira adequada

Publicado 07-10-2020 21:58:44

Linkedin Whatsapp
Canavial

O bicudo-da-cana (Sphenophorus levis) é uma das pragas mais indesejadas na cultura da cana-de-açúcar. Este inseto se adapta bem às condições climáticas e ecológicas das regiões produtoras e pode levar a um potencial de perdas bem alto: entre 80% e 90% da produção, o que pode significar cerca de R$ 2 bilhões de prejuízos por ano.

Esta praga se desenvolve na soqueira e dificilmente é atingida pelos inseticidas, o que faz com que sua presença e dispersão cresça consideravelmente, sobrevivendo nas palhadas após a colheita.

As larvas do Sphenophorus levis atacam os rizomas e os colmos das plantas, abrindo galerias, reduzindo a produtividade e a longevidade dos canaviais, já que podem levar a planta à morte dependendo da intensidade do ataque.

Conhecendo o inimigo da cana-de-açúcar

O Sphenophorus levis foi detectado pela primeira vez no Brasil em 1977, sendo a praga mais nova a atacar a cultura da cana-de-açúcar no estado de São Paulo.

Apontado como uma praga primária, tem um ciclo de vida médio de 9 meses e cada fêmea bota cerca de 70 ovos.

Entre 1 a 2 semanas após a postura, nascem as larvas, que se alimentam das raízes da cana até virarem pupa. Entre 7 e 15 dias após esta fase, já são adultos e se alimentam de restos de tecidos que contêm seiva, completando assim seu ciclo de vida por aproximadamente mais 7 meses.

O Sphenophorus levis se aloja na base dos colmos da cana e abre furos rente ao solo, entrando na planta e abrindo grandes galerias deixando uma serragem fina que serve de ninho.

bicudo-da-cana-uma-ameaca-a-produtividade-do-seu-canavial

Seu ataque deixa o colmo podre levando à morte da cana. Quando não compromete toda a planta, ele a deixa com um desenvolvimento menor, interferindo assim na redução do número de cortes, levando o produtor a ter que reformar o seu canavial mais cedo, o que envolve maiores custos de produção e menor rentabilidade.

Em vez de contar com a sorte, conte com Engeo Pleno S

Para manter o Sphenophorus levis longe de sua lavoura é preciso reforçar o controle. Para isso, a Syngenta conta em seu portfólio com Engeo Pleno S, um inseticida com ação superior e um grande aliado do cultivo da cultura da cana.

A solução controla tanto o Sphenophorus levis quanto outras pragas que podem comprometer a produtividade do canavial, como a cigarrinha-das-raízes (Mahanarva fimbriolata).

Com alto índice de mortalidade de pragas, Engeo Pleno S possui ação superior e é a ferramenta mais recomendada, resultado do investimento em tecnologia e das características que diferenciam o produto da Syngenta.

A Tecnologia Zeon presente em Engeo Pleno S preserva o ingrediente ativo, controla a sua liberação e ainda faz com que o inseticida fique mais tempo aderido às plantas, proporcionando efeito de choque imediato e residual prolongado.

 

Engeo Pleno S também se destaca de outros produtos do mercado por proporcionar maior produtividade para o canavial.

Potencialize os resultados com boas práticas na lavoura

A Syngenta entende que tão importantes quanto os resultados nas lavouras são as formas de obtê-los. Portanto, alinhada e atendendo integralmente aos padrões internacionais de boas práticas, recomenda as mais eficientes técnicas para a realização de amostragens, monitoramentos e aplicações dos produtos.

A superioridade do portfólio de proteção de cultivos da Syngenta fica clara quando comparada com outros produtos do mercado. A empresa conta com uma ampla gama de produtos que permitem ao agricultor executar adequadamente o manejo estratégico de pragas, doenças e plantas daninhas, desenvolvidos com o propósito de promover o potencial máximo de produtividade da cultura.

Syngenta e você: conectados dentro e fora do campo.

NAO TEM SEGUNDO BANNER

Quer receber mais conteúdos como esses?

Inscreva-se e fique por dentro das novidades sobre produtividade.

Canais Syngenta