Skip to main content

Café: proteja sua lavoura com performance e flexibilidade

O bicho-mineiro causa desfolha das plantas e a broca-do-café compromete a qualidade dos grãos. Apostar em um inseticida foliar que promova proteção superior contra as principais pragas do café é a solução indicada para ter uma lavoura mais produtiva

Publicado 27-11-2020 14:39:04

Linkedin Whatsapp
Café: proteja sua lavoura com performance e flexibilidade

O café é uma das principais culturas para o agronegócio brasileiro e possui um contexto histórico relevante para a nação, contribuindo também com a geração de emprego e de renda e com a qualidade de vida de muitas pessoas. 

A produção de café no Brasil é uma das mais exigentes do mundo, com processos que se atentam às boas práticas agrícolas para um manejo correto e que proporcione a sanidade da lavoura durante todo o ciclo da cultura.  

Entre as preocupações com a boa produtividade das lavouras de café está o controle das pragas que atacam o cafeeiro, prejudicando o desenvolvimento saudável das plantas e impactando negativamente na rentabilidade do produtor.

Além do monitoramento constante no campo, é preciso adotar medidas eficientes no controle de pragas, entre elas o bicho-mineiro e a broca-do-café, consideradas vilãs do cafezal.

Para ter uma lavoura sadia e com alta qualidade de grãos, a Syngenta desenvolveu Voliam Targo, um inseticida foliar de performance superior e espectro de controle único, preciso no controle de bicho-mineiro e da broca do café.

As pragas que mais preocupam os cafeicultores

As pragas do café são motivo de enorme dor de cabeça para o produtor, pois geram danos à lavoura e comprometem a qualidade dos grãos e a produtividade, impactando na rentabilidade da safra.

Entre os insetos que merecem atenção do cafeicultor estão:

  • Bicho-mineiro (Leucoptera coffeella) - a praga mais temida pelo produtor e também a que causa o maior prejuízo na lavoura, os estragos realizados por essa larva minadora resultam em um cafeeiro com uma produção aquém do esperado, com grãos pequenos e de qualidade inferior. Além disso, perde-se área produtiva para a próxima lavoura. Seu ataque se dá pela lagarta que, ao “minar” as folhas do cafeeiro, tornam-as fracas devido à perda de área fotossintética, gerando uma desfolha descontrolada.

O surgimento desta praga está diretamente ligado às condições climáticas: o bicho-mineiro tem preferência por lugares quentes e secos. 

cafe-proteja-sua-lavoura-com-performance-e-flexibilidade

  • Broca-do-café (Hypothenemus hampei) - estes pequenos besouros de cor preta aparecem cerca de 80 a 90 dias após a florada. Com a característica de sobreviver entre uma safra e outra, são as fêmeas que atacam os frutos do café, perfurando a coroa e depositando ali os seus ovos.

As larvas, então, se alimentam dos grãos, destruindo-os completamente, gerando uma perda de até 20% do seu peso, além da queda prematura dos frutos e do apodrecimento, prejudicando a qualidade e rentabilidade da produção.

cafe-proteja-sua-lavoura-com-performance-e-flexibilidade

MATÉRIAS RELACIONADAS:

Como combater as principais pragas do café

Proteção contra a principal praga do café

 

Performance e flexibilidade em uma única aplicação

Entre as soluções que ajudam no manejo da lavoura, a Syngenta conta com o Voliam Targo, um inseticida foliar preciso no controle das pragas do cafezal, com performance superior e flexibilidade para o produtor por ter em único produto a solução para as principais pragas do café.

Segundo Luiz Fernandes, que atua como Desenvolvimento Técnico de Mercado da Syngenta, o grande diferencial de Voliam Targo em relação a outras soluções no mercado é a tecnologia da formulação combinando dois ingredientes ativos eficientes para o manejo das principais pragas do café, gerando flexibilidade e o melhor controle para o produtor.

"Voliam Targo é muito importante no manejo antirresistência pelo fato de ter associação de dois grupos químicos diferentes em sua formulação. Além disso, temos o manejo das principais pragas do cafeeiro, como o bicho-mineiro e a broca-do-café com o mesmo produto! Dependendo da época do ataque destas pragas, é possível flexibilizar o uso do Voliam Targo, sem precisar comprar outro inseticida específico para este fim. Ao usar a solução da Syngenta, o produtor tem uma performance superior e amplo espectro, ou seja, um único produto controla várias pragas de uma vez”, resume Fernandes.

Além disso, o inseticida da Syngenta é um poderoso aliado do cafeicultor na manutenção de lavouras saudáveis e produtivas devido ao seu:

  • Amplo espectro: eficiente no controle do bicho-mineiro, broca-do-café e ácaro;
  • Efeito Residual: longo período de controle das principais pragas do café;
  • Produtividade: ampla proteção de folhas e frutos, protegendo o potencial produtivo;

A aplicação do inseticida é indicada no início do ataque das pragas, porque a mitigação acontece de forma rápida e o produto tem longo residual, mantendo a lavoura protegida por muito mais tempo.

Confira no infográfico abaixo os benefícios de desempenho superior de Voliam Targo em comparação com outros inseticidas do mercado:

cafe-proteja-sua-lavoura-com-performance-e-flexibilidade

Não deixe que as pragas do café comprometam a sua lavoura. Experimente a performance superior de Voliam Targo, solução foliar que oferece precisão de controle de bicho-mineiro e broca para proteção da produtividade e qualidade dos grãos.

A Syngenta conta com amplo portfólio de produtos que ajudam o produtor a extrair o máximo em produtividade e rentabilidade. Para os produtores que estão em regiões de alta pressão de pragas, a Syngenta desenvolveu a Operação Praga Zero, que promove o controle eficaz principalmente de bicho-mineiro ancorado na mais alta tecnologia de controle e manejo. Acesse o portal e comprove.

Syngenta e você: conectados dentro e fora do campo.

 

NAO TEM SEGUNDO BANNER

Quer receber mais conteúdos como esses?

Inscreva-se e fique por dentro das novidades sobre produtividade.

Canais Syngenta