Skip to main content

Estande desuniforme é sinônimo de baixa produtividade

Proteja sua lavoura do ataque de pragas desde o estádio inicial com um tratamento de sementes eficaz

Publicado 18-08-2020 12:15:17

Linkedin Whatsapp
Estande desuniforme é sinônimo de baixa produtividade

A sua lavoura de soja está uniforme? Ter as plântulas corretamente distribuídas e crescendo com vigor são preocupações do sojicultor no estádio inicial da plantação. Afinal, um estande desuniforme pode comprometer a produtividade da lavoura.

Para o bom desenvolvimento da lavoura, cada planta deve ocupar um espaço físico de solo calculado, permitindo assim a melhor absorção de água, nutrientes e captação de energia solar.

Além disso, um estande uniforme evita a competição entre as plantas em busca de nutrientes, o que pode enfraquecer as raízes e diminuir a resistência contra fatores de risco como as pragas, por exemplo.

Você sabia que o bom estabelecimento da lavoura está diretamente ligado à qualidade das sementes? Bastante difundido entre os produtores rurais, o tratamento de sementes é apontado como uma solução eficaz para manter a uniformidade do estande.

Por oferecer mais segurança contra o ataque de pragas, a tecnologia propicia uma lavoura mais produtiva.

O processo teve início nos anos 50 e, desde então, vem sendo aperfeiçoado com o uso de agentes químicos ou biológicos que possibilitem maior proteção à planta em seus estádios iniciais, momento de maior suscetibilidade da cultura aos ataques de inimigos naturais.

O tratamento de sementes é uma tecnologia que protege não só as sementes para a germinação, mas também oferece proteção no início do desenvolvimento da plântula, fortalecendo o enraizamento e reduzindo o risco de problemas futuros com a lavoura.

Entre os benefícios que essa tecnologia proporciona, estão:

  • Controle de pragas;
  • Proteção do potencial genético da cultura;
  • Estabelecimento do estande da lavoura;
  • Baixo custo de investimento;
  • Maior produtividade.

Tratamento de sementes: controle superior de pragas iniciais

Para ter uma boa emergência da planta da soja, é recomendado ao produtor rural efetuar a semeadura sempre com sementes de boa procedência e de qualidades fisiológica e sanitária comprovadas.

Essa medida contribui para evitar o desenvolvimento de plantas daninhas e o crescimento irregular da soja, que podem afetar a produtividade da cultura, dificultando a colheita.

Para proteger a lavoura desde o estádio inicial, a escolha do tratamento da semente é fundamental. Fortenza®, da Syngenta, oferece controle superior de lagartas e outras pragas iniciais por mais tempo e em qualquer situação.

A tecnologia de Fortenza para o tratamento de sementes proporciona uma cobertura uniforme fundamental para o estabelecimento do estande de soja, maximizando o potencial produtivo.

Dentre as inúmeras ameaças da lavoura que podem ser combatidos com o tratamento de sementes de Fortenza, estão:

  • Lagarta helicoverpa;
  • Lagarta-da-soja;
  • Lagarta elasmo;
  • Lagarta-falsa-medideira;
  • Lagarta-rosca;
  • Corós;
  • Mosca branca;
  • Tamanduá-da-soja e
  • Vaquinha-verde-amarela.

O controle superior de Fortenza em qualquer situação (climática, pressão e biotecnologia), proporciona proteção mais profunda, oferecendo maior segurança no estabelecimento da cultura a um baixo custo de investimento.

Para saber mais sobre as soluções e tecnologias da Syngenta para todas as fases da lavoura, acesse nosso portal.

Syngenta e você: conectados dentro e fora do campo.

Quer receber mais conteúdos como esses?

Inscreva-se e fique por dentro das novidades sobre produtividade.

Canais Syngenta