Skip to main content

Soja: 3 pragas que rondam a sua lavoura

É importante estar atento às ameaças que podem atacar a cultura, causando desfolha e comprometendo a qualidade dos grãos, e saber como acabar com esse mal de maneira estratégica

Publicado 18-03-2021 23:22:45

Linkedin Whatsapp
Soja: 3 pragas que rondam a sua lavoura

Inimigas da produtividade, as pragas da soja exigem atenção constante, pois podem causar grandes prejuízos na lavoura. A cultura é de extrema importância para o Brasil, que detém o título de maior produtor e exportador mundial do grão.

Impulsionada pela demanda de mercado, em especial a chinesa, pelo câmbio favorável e pelos preços em um bom patamar, a expectativa para a safra 20/21 é positiva.

É importante destacar que o agronegócio brasileiro sofreu um efeito transformador positivo nos últimos 40 anos. No ano de 2019, a soma de bens e serviços gerados no agronegócio chegou a R$ 1,55 trilhão (21,4% do PIB brasileiro) sendo que, dentro dos segmentos, a principal parcela é do ramo agrícola, que corresponde a 68% desse valor (R$ 1,06 trilhão).

A soja, principal destaque da produção agro (de grãos) brasileira, foi responsável por R$ 1,00 de cada R$ 4,00 da produção do setor no Brasil. Esses resultados de crescimento e a alta produtividade nas lavouras foram alcançados graças ao investimento no campo em tecnologia e, acima de tudo, ao comprometimento do produtor com o uso das melhores soluções para manter a sanidade das lavouras, entre elas o controle das pragas que afetam a cultura.

Pragas da soja: as 3 ameaças que podem comprometer sua lavoura

Entre as pragas da soja que merecem atenção do agricultor por conta dos danos que podem causar na produtividade e na qualidade dos grãos estão:

1. Mosca-branca

A mosca-branca (Bemisia tabaci) é um inseto polífago bastante conhecido do produtor, pois está presente em diversas culturas. Nos últimos anos, essa praga tem gerado preocupação aos agricultores pela dificuldade de controle, por ser de alta propagação e ter ciclo curto, infestando de maneira rápida a lavoura.

soja-3-pragas-que-rondam-a-sua-lavoura

Cada fêmea produz cerca de 300 ovos, podendo ocorrer de dois a cinco ciclos de vida da praga durante a safra.

Essa praga ataca a parte inferior da folha e injeta toxinas, podendo introduzir na seiva das folhas doenças virais levando a alterações nas folhagens bem como queda da produtividade, necrose, entre outros danos.

Ao se alimentar continuamente, essa praga excreta uma substância que favorece a formação de fumagina, doença que provoca uma coloração escura nas folhas, dificultando a captação dos raios solares e, consequentemente, ocasionando queda na produtividade devido aos danos na superfície foliar e nos frutos.

2. Lagartas

As lagartas são pragas sempre preocupantes quando o assunto é a cultura da soja. De diferentes espécies, rápida proliferação e alto potencial destrutivo, podem gerar danos desde a desfolha até o ataque de vagens e frutos, comprometendo a produtividade de toda a safra.

soja-3-pragas-que-rondam-a-sua-lavoura

Outro fator de importância que deve ser observado é que as lagartas podem atacar todo o ciclo de desenvolvimento da cultura, da fase vegetativa à reprodutiva.

Colocar em prática o MIP (Manejo Integrado de Pragas) é uma opção assertiva para controlar o ataque das lagartas na lavoura, extraindo, assim, os melhores resultados.

3. Ácaro-rajado

Uma das espécies de ácaros que é polígafo e ataca diversas culturas além da soja, e tem por característica atacar a parte inferior das folhas, o ácaro-rajado (Tetranychus urticae) deixa as folhas amareladas na face oposta à colônia

soja-3-pragas-que-rondam-a-sua-lavoura

Ao atacar a lavoura, essa praga reduz a taxa de fotossíntese, o que reflete diretamente na queda da produção dos frutos. Seu ciclo de vida ocorre entre 5 e 21 dias, podendo variar de acordo com a temperatura, mas o desenvolvimento ocorre na temperatura média de 25ºC.

Após o ataque, as folhas ficam necrosadas, ocorrendo perfurações. No caso de infestação severa, os danos no campo afetam a produtividade com uma desfolha precoce.

 

MATÉRIAS RELACIONADAS

 

Controle aquilo que você está vendo, e também aquilo que ainda não viu

Para evitar que as pragas da soja sejam um problema na lavoura e possam interferir na produtividade da sua safra, é preciso estar atento também às novas tecnologias do campo.

Um produto com valioso espectro de controle, o inseticida foliar Minecto Pro oferece ação translaminar, que penetra e redistribui o produto com alta velocidade nas folhas.

Aliando o controle de diversas pragas como lagartas, mosca-branca e ácaros em uma única solução, o inseticida proporciona alta performance. A sinergia das duas moléculas presentes na formulação de Minecto Pro faz com que sua ação que inibitória seja mais rápida e assertiva, impedindo que essas pragas causem mais estragos na lavoura.

Syngenta: conectada com você

A Syngenta está sempre conectada com você e se compromete em apresentar excelência em tecnologias para o campo, inovando em suas soluções.

Agora que você já sabe as características das pragas que rondam a sua lavoura de soja e também como protegê-la dessas invasoras, conheça também o portfólio completo da Syngenta, com soluções para todas as culturas, além de todas as informações referentes ao seu cultivo. Acesse e saiba mais!

Minecto Pro: um novo patamar de performance. Controle único. Diversas pragas.  

Quer receber mais conteúdos como esses?

Inscreva-se e fique por dentro das novidades sobre produtividade.

Canais Syngenta