Skip to main content

Tratamento de sementes: proteja o seu feijão desde o plantio

Mantenha as pragas e doenças longe do seu feijoeiro desde o início investindo nesta técnica que contribui para o desenvolvimento de um estande mais vigoroso, protegendo as sementes e plântulas de possíveis danos no período mais crítico da lavoura

Publicado 08-10-2020 13:24:41

Linkedin Whatsapp
Tratamento de sementes: proteja o seu feijão desde o plantio

A produtividade da lavoura de feijão depende de uma série de fatores como clima, região, manejo de pragas e doenças, entre outros. Uma semente com fungos ou atacada por insetos poderá sofrer uma vasta deterioração e, consequentemente, problemas na germinação. Entre as opções disponíveis que contribuem para o sucesso no campo, o tratamento de sementes está entre as soluções que devem ser levadas em conta pelo produtor.

Considerada uma das medidas fitossanitárias mais eficientes, essa técnica potencializa a genética e protege as sementes e plântulas de danos desde o seu contato inicial com o solo - considerado o período mais crítico da lavoura - até o crescimento das plantas.

Além disso, o tratamento de sementes contribui para o desenvolvimento de uma lavoura uniforme e com maior força de enraizamento.

Feijão: alimento base X as principais ameaças no estádio inicial

O feijão é cultivado em mais de 100 países e, no Brasil, sua importância é tanta que está presente na culinária de todos os 27 estados, fazendo parte da alimentação diária de milhões de brasileiros.

O país é hoje um dos maiores produtores de feijão do mundo, juntamente com Myanmar, Índia, Estados Unidos, México e Tanzânia. Os maiores estados produtores são Paraná, Minas Gerais, Mato Grosso, Goiás, Bahia e São Paulo.

Com produção em alta e demanda interna cada vez maior, investir em soluções e tecnologias que proporcionem a sanidade e maior produtividade da lavoura é fundamental.

Dentre as ameaças que podem comprometer a produtividade da lavoura de feijão no estádio inicial estão pragas como a mosca-branca (Bemisia tabaci raça B) e vaquinha-verde-amarela (Diabrotica speciosa). Doenças como antracnose (Colletotrichum lindemuthianum), mancha-de-alternaria (Alternaria alternata), mancha-de-fusarium (Fusarium oxysporum f.sp. phaseoli) e podridão-dos-grãos-armazenados (Aspergillus flavus) também podem causar sérios prejuízos ao agricultor.

Para controlar de forma eficaz as pragas e doenças do feijão, proporcionando um vigor superior das plantas, a Syngenta conta em seu portfólio com Cruiser Advanced. Entre os benefícios dessa solução estão:

● amplo espectro de controle;

● vigor superior das plantas com maior ganho líquido;

● eficácia em Fusarium e no complexo de doenças de solo;

● Combate às principais pragas do feijão, como mosca-branca e vaquinha verde-amarela;

● Combinação de quatro ingredientes ativos e conveniência da mistura pronta.

O tratamento de sementes da Syngenta atua como um fungicida e inseticida e protege a lavoura desde o seu estádio inicial, prevenindo danos futuros.

Cruiser Advanced faz parte do portfólio completo de soluções e tecnologias desenvolvidos pela Syngenta para auxiliar o produtor em todas as fases da lavoura.

Syngenta e você: conectados dentro e fora do campo.

 

Quer receber mais conteúdos como esses?

Inscreva-se e fique por dentro das novidades sobre produtividade.

Canais Syngenta